"Estas são as Cachoeiras do Itapecurú."

O nome Carolina se deve à Primeira Imperatriz do Brasil, Maria Leopoldina Josefa, filha do Imperador da Áustria e primeira esposa de Dom Pedro

Os primeiros colonizadores vieram em expedições para capturar índios que seriam usados na tentativa de descobrir ouro. Em 1625 chegaram os jesuítas, porém o primeiro lugarejo só foi fundado em 1809. 23 anos depois, quase todos os habitantes emigraram para o povoado à 16 Km abaixo da foz do rio, onde hoje fica Carolina. A primeira povoação, batizada São Pedro de Alcântara, era composta por apenas 42 pessoas.

Com o apelido de Paraíso das Águas, em pleno cerrado maranhense,  é cortado por 22 rios  e apresenta inúmeras cachoeiras, grutas e cavernas, que merecem destaque no cenário nacional. As principais atrações são a Ilha dos Botes, o Poço Azul, as cachoeiras da Pedra Caída e os platôs da Chapada das Mesas, formada pelos morros do Chapéu, do Dedo, do Gavião, do Macaco e pelo Portal da Chapada. O Morro das Figuras também é um dos lugares mais interessantes de Carolina. Ali, arqueólogos descobriram recentemente inscrições rupestres que indicariam a presença de índios ancestrais naquela área.

"A lagoa azul é um espetáculo."


Cachoeiras da Pedra Caída: é o primeiro ponto turístico importante do Sul do Maranhão. Possui três quedas d'água maiores, sendo que na Gruta do Amor a água despenca a uma altura de 46 metros em uma série de pequenos saltos, além de grande piscina de água corrente. Fica à 50 metros da BR-010, 35 Km distante de Carolina estando em propriedade privada.

Cachoeira da Pedra Furada - Uma caminhada em vegetação nativa cruzando algumas fazendas, necessita acompanhamento de guia especializado.


Cachoeiras de Santa Bárbara - A Cachoeira de Santa Bárbara, uma queda de 80 metros fica localizada no Municipio de Riaçhão. Há umas distância de 80 km de Carolina.

"Os morros tem formato de mesa por aqui."

Cachoeiras do Itapecuru: ela duas quedas d'água com 18 m e 20 m que formam uma enorme piscina natural com rochas que a circundam, praias e pequenas ilhas. Também há uma hidrelétrica da década de 40, desativada. As cachoeiras ficam junto à BR-230, 33 Km distante de Carolina. Fica em propriedade privada.

Cachoeiras do Rio Farinha: É preciso de um carro com tração nas quatro rodas para se chegar às cachoeiras de São Romão, do Prata e do Farinha, as três no rio Farinha, afluente do rio Tocantins. Atualmente estão sendo ameaçadas pela construção de uma hidroelétrica, cuja obra está parada. As cachoeiras ficam em propriedades particulares.

"Cachoeira Santa Bárbara."

Ilha dos Botes: fica à 5 Km de Carolina, à rasante do rio Tocantins, com acesso de barco e de carro saindo pelo bairro do Brejinho. De carro você poderá deixá-lo à margem do rio, num amplo estacionamento, para então pegar o barco que o transportará para a Ilha, distante apenas 100 metros. Lá encontrará bar e restaurante e até barracas (de palha) que lhe permitem pernoitar.
Caso a barragem de Estreito seja construída, parte da ilha pode sumir.

Morro das Figuras: Próximo à cachoeira da Prata, a 40 km de Carolina com formação rochosa com diversas inscrições rupestres recentemente descobertas por arqueólogos, que acreditam ser de autoria de índios craôs descendentes dos tupis-guaranis.

Morro do Chapéu: Com seus 378 metros de altura. Leva o nome por causa do formato.

"Bacana!"

Morro do Portal: de fácil acesso, mas só pra quem conhece bem o local (deve se subir por trás) . O morro que fica na estrada para as cachoeiras da Pedra caída, possibilita impressionante visão da chapada das mesas. Além disso, fato interessante é que em uma das paredes do morro há uma cratera com o formato do mapa do Estado do Tocantins.

Passagem Funda: Caverna onde vive numerosa população de morcegos

Cachoeiras do Prata - A Cachoeira do Prata está localizada no Rio Farinha, numa região não tão desbravada, selvagem pode-se dizer. As pessoas que moram por perto são típicos sertanejos, valorizam o lugar onde moram. Fica próxima da cachoeira de São Romão.

"A água é cristaqlina por aqui."

Praia do Tocantins: conhecida por todos que passam pela região sul do Maranhão, o local é bastante cheio. Apesar de serem mais conhecidas como as praias de Carolina, elas aparecem do lado do Estado de Tocantins, na cidade de Filadélfia. As praias começam a aparecer quando o rio baixa, a partir do mês de junho e só desaparecem no final do mês de agosto.

Cachoeiras do São Romão - A Cachoeira de São Romão é uma queda d'água lindíssima, localizada no Rio Farinha, um afluente do Rio Tocantins, a 70 quilômetros de Carolina. O acesso a essa cachoeira se faz por uma boa parte em estrada de chão, sendo necessário um veículo de tração como pick-ups e jeeps. O que torna o passeio uma aventura ainda mais emocionante.

"O caminho para a Pedra Caída é lindo."
 

Dicas de GUSTAVO VIVACQUA

1.Vale  visitar por pelo menos 2 ou 3 dias a região.

2.As principais cachoeiras já são exploradas pelos proprietários, que cobram a taxa de visitação.

3.
Em julho as praias fluviais do Tocantins aparecem e são invadidas por turistas da região, para aproveitar melhor a cidade, escolha outros meses para visitar a região.

4.Não deixe de experimentar os sucos de Bacuri, Cupuaçu, jenipapo, murici e Açaí, que lá se chama Juçara. Ah, de Juçara também há vinhos, assim como de buriti.

5.Há histórias da aparição de OVNIS nas cachoeiras do Itapecuru, onde uma mulher foi "atacada". O caso já levou até ufólogo à cidade e região.

6.Experimente as comidas de origem africana, Caruru e Cuxá (preparado à base de camarão seco, vinagreira, gergelim e farinha de mandioca). Caldos de ovos, de frango, de peixe, de feijão, de galinha e de carne também fazem parte da culinária local.

7.Não deixe de visitar a Cachoeira da Pedra Caída. É uma das cachoeiras mais bonitas do Brasil.

8.Só dá para visitar a Cachoeira da Prata e a São Romão com carro 4x4 , pois o caminho é de areia fofa.

9.Existe a possibilidade da construção de uma hidrelétrica na região. Se ela acontecer as cachoeiras do Rio Farinha como a São Romão e do Prata vão desaparecer. Aproveite enquanto é tempo.

10."Nós ainda temos muito mais a mostrar... conheceram apenas o básico... tem que ficar pelo menos uma semana..." dica de Cássio

11."Oi, estivemos em Carolina. Éramos três vovós em um Troller. Saímos de Fortaleza no Ceará. Pegamos um guia e ficamos maravilhadas com tudo aquilo.Dica 1 - Pedir ao guia que leve, em Riachão, a uma nascente ainda sem nome pois foi descoberta recentemente. Há um lago de águas azuis transparentes, preso em um cânion deslumbrante, de difícil acesso e que se pode tomar banho. Ficamos maravilhadas, algo como o Lago Encantado na Chapada Diamantina. Dica 2 - A Lagoa Azul só fica azul depois da estação das chuvas. Nesta época estava super toldada mas o conjunto é espetacular! Dica 3 - Vale a pena contratar um guia experiente. Dica 4 - Não deixe de passar por trás da Cachoeira de São Romão. Experiência inesquecível! Mas é necessário um guia pois é meio perigoso.Obrigada pelas dicas."dica de Heloisa Cunha www.vovosmilenio.pro.br

12.Se alguém estiver a procura de um lugar, lindo, afrodisíaco é só visitar a cachoeira de pedra caída. É um espetáculo!!!! nunca vi beleza igual.Adriana Karla

 

`

CLIQUE AQUI para enviar a sua dica.

VEJA AQUI OUTROS DESTINOS